ADEMI na Imprensa

Campo Grande aquecido

O Dia, Cristiane Campos, 10/ago

Bairro vai receber mais 3 mil unidades para todas as faixas de renda, com financiamento

O bairro de Campo Grande virou mesmo o favorito das construtoras na Zona Oeste do Rio. As mineiras MRV e Tenda estão anunciando lançamentos de mais de 3 mil unidades na região no semestre. São empreendimentos para todas as faixas de renda, com financiamento de até 100% e taxa de juros abaixo de 12% ao ano mais TR (Taxa Referencial). O prazo de pagamento chega a 30 anos. O potencial pode ser confirmado na pesquisa da Ademi (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário).

Os números revelam que, em 2007, Campo Grande ficou em quinto lugar em lançamentos, com 721 imóveis, depois de muitos anos sem receber unidade alguma - atrás de Jacarepaguá, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes e Del Castilho. Entre janeiro e julho deste ano, já são 196 unidades lançadas. O boom imobiliário na área se deve também à construção da CSA (Companhia Siderúrgica do Atlântico) e da nova usina da Gerdau, no bairro de Santa Cruz.

A Construtora Tenda, por exemplo, oferece cinco empreendimentos, totalizando, 1.196 unidades, com financiamento da Caixa Econômica Federal. Os condomínios terão área de lazer com salão de festas, piscina, playground e espaço gourmet. Os apartamentos custam a partir de R$ 66 mil.

Já a MRV Engenharia terá 1.480 unidades. Segundo o diretor comercial da empresa, José Lima Nunes Melo, a MRV decidiu investir em Campo Grande baseada em estudos do mercado. "A companhia constatou que a localidade é muito promissora, e que há uma grande demanda por residenciais destinados às famílias com renda entre R$ 1.200 e R$ 7.300 - nosso principal público", explica Melo.

O Park Rossete será o primeiro empreendimento da MRV na região. O condomínio será construído na Avenida Cesário Melo. Serão 192 apartamentos, sendo oito apartamentos com um quarto. O residencial terá guarita central de segurança e área de lazer com quadra de grama e playground.

Projetos para a classe média

O Grupo Empresarial Fernandes Araujo lançou dois empreendimentos em Campo Grande. No West Village, na Rua Morrinhos, são 20 casas dúplex de 120 metros quadrados cada. Unidades a partir de R$ 195 mil e com financiamento da Caixa. Já o residencial Victoria I, na Rua Arnaldo Nogueira, é formado por 40 casas a partir de R$ 115 mil. A entrega está programada para dezembro.

Segundo o gerente comercial do grupo, Marcus Vinícius Pinto, a localização (próximo ao West Shopping), o acabamento e as condições de pagamento são os grandes diferencias. "Estamos estudando mais lançamentos no bairro", adianta Pinto.

Concal, MDL Realty, Even e Enes também investem. A Even aposta na classe média e lançará um empreendimento de mais de 10 mil metros quadrados na Estrada da Cachamorra, com cerca de 180 unidades de 2 e 3 quartos. Para Cláudio Hermolin, gerente geral da Even no Rio, é uma região com potencial de investimentos, por causa do pólo comercial local.



Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]