ADEMI na Imprensa

As construtoras-imobiliárias

O Globo, Negócios & Cia, 28/ago

Construtoras do Rio estão usando equipes próprias de corretores para vender seus imóveis novos e em estoque. As chamadas houses ganharam impulso no último ano. É que o mercado aquecido fez as imobiliárias contratadas se concentrarem nos lançamentos, explica Claudio Hermolim, da Even, que montou equipe própria em janeiro. "Com as vendas de maior liquidez, os estoques ficaram de lado", diz. As houses entraram em cena para vender os ativos em carteira, ampliar margens e, também, conter a força que as imobiliárias ganharam no jogo. "Elas são importantes, mas queriam inverter as coisas, escolher projetos, datas", completa Hermolim.

"A tendência é que as grandes incorporadoras e as voltadas à classe A usem equipes próprias", avalia Rodrigo Conde Caldas, da Concal e da Ademi-Rio. A empresa já faz vendas diretas, bem como RJZ Cyrela, MDL, Rossi, CHL e outras. A novidade, agora, são lançamentos feitos só por corretores da casa. A Even aderiu à prática. A RJZ Cyrela está testando o modelo. "É uma experiência com foco em maior velocidade e margem de vendas", diz Rogério Jonas Zylbersztajn. A expansão das houses não melindra as imobiliárias. "Crescemos com o mercado. Nenhum produto pode ser alavancado sem nós", afirma Rubem Vasconcelos, da Patrimóvel. O Creci-RJ comemora as oportunidades de emprego e qualificação para os corretores, diz o presidente em exercício Edecio Cordeiro.



Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]