ADEMI na Imprensa

Conforto fora do Rio

Extra, 06/jan

Cidades vizinhas à capital, como São Gonçalo e Nova Iguaçu, também devem ter destaque no mercado imobiliário

Conforto para os moradores e lançamentos na Região Metropolitana do Rio, principalmente São Gonçalo e Nova Iguaçu. Segundo especialistas, esse será o cenário imobiliário em 2013. No fim do ano passado, a Associação dos Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário (Ademi) chegou a se reunir com representantes de prefeituras, para traçar metas.

- A Ademi promoveu uma reunião com diversos prefeitos, para discutir a criação de regras - disse Roberto Antunes, presidente da construtora Conasa.

Roberto salienta o aumento do poder aquisitivo da população das cidades periféricas, que, agora, têm condições para comprar uma casa. Itaguaí e Macaé também entram no circuito de lançamentos.

- Macaé é a capital do petróleo, atraindo pessoas e renda por causa das empresas offshore. É a cidade que mais arrecada com os royalties - afirma Rodrigo Resende, diretor comercial da MRV Engenharia, na regional Rio.

Soma de forças

Vicente Giffoni, presidente da Associação Brasileira dos Escritórios de Arquitetos (Asbea) vê uma soma de forças no cenário imobiliário: de um lado, está a iniciativa privada, que passou a construir mais empreendimentos nas zonas Norte e Oeste da cidade e na região metropolitana. De outro, o poder público, que tem investido em transporte.

- A cidade fica mais valorizada com a integração entre áreas antes prejudicadas do ponto de vista da logística.

Entre os imóveis na planta já lançados, muitos ainda estão em fase de obras, o que exige atenção do comprador na hora de fechar negócio. Os financiamentos de moradias construídas pela MRV, construtora que integra o programa federal "Minha casa, minha vida", feitos antes da suspensão pela Caixa Econômica Federal, na última quarta-feira, continuam válidos.



Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]