Com a palavra, o Associado

Com a palavra, Integer Empreendimentos Imobiliários

Há apenas quatro anos no mercado imobiliário, a incorporadora Integer Empreendimentos Imobiliários Ltda. já conta com portfolio consistente de projetos realizados da Barra da Tijuca à Fonte da Saudade, no Rio de Janeiro. Formada pela associação da Gercon Gerenciamento e Construções Ltda com a Guaranty Fomento Mercantil, empresas com experiência na área de construção civil e planejamento financeiro, a empresa, que se especializou em projetos de construção de casas em condomínios, prédios comerciais e residenciais, procurou recentemente a ADEMI, e tornou-se uma das mais novas sócias.

Roberto Campello Cordeiro, diretor administrativo e sócio da empresa, conta que a iniciativa de criar a Integer surgiu a partir de conversas com Marcos Vinícius, um dos fundadores da Gercon e diretor do departamento de obras e do setor comercial da empresa. Inicialmente focada na construção de casas e condomínios fechados, a incorporadora oferece hoje novas opções de investimento. Segundo Campello, o foco da empresa não é trabalhar exclusivamente para a construtora, mas garantir aos clientes a oferta de melhor rentabilidade sobre o capital na atividade de construção civil.

Com o crescimento das expectativas para o setor, Campello procurou a ADEMI esperando obter respaldo institucional e mais informações sobre o mercado. O diretor tomou conhecimento da entidade através de notícias publicadas nos jornais e aprofundou-se ao visitar o site. O empresário diz estar satisfeito com a assessoria oferecida pela ADEMI. Segundo ele, as palestras e informativos da entidade são importantes para uma melhor integração ao mercado.

Em quatro anos, a Integer construiu 20 casas na Barra da Tijuca e no Recreio dos Bandeirantes. Em novembro de 2003, a empresa lançou seu primeiro empreendimento na Fonte da Saudade e começou sua construção em maio desse ano. Para Roberto, o ano passado foi muito difícil para a classe. "As incertezas geradas com a transição de governo amedrontaram os investidores e a economia do setor permaneceu prejudicada", diz o diretor. Já em 2004 os resultados são otimistas: em apenas nove meses, o faturamento da empresa dobrou em relação ao ano anterior.



Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]