Hoje na Imprensa

Dólar e juros sobem após euforia

Valor Econômico, José de Castro e Lucas Hirata, 17/mar

O dólar subiu 0,17% e terminou os negócios a R$ 3,1151. Um grupo de moedas emergentes, excluindo a brasileira, foi na contramão e subiu 0,68%. A "vantagem" do real sobre seus pares - medida pela diferença entre a alta no ano da moeda brasileira e a de uma cesta de divisas emergentes - foi praticamente zerada, depois de chegar a mais de 5 pontos percentuais no começo do ano.

Leia mais em Valor Econômico


Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]