ADEMI na Imprensa

Foco na Zona Oeste

Extra, Ana Carolina Diniz, 1/out

A Zona Oeste virou a menina dos olhos do mercado imobiliário pela ampla oferta de terrenos e a demanda por novos empreendimentos. De acordo com a Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário(Ademi), de 2010 até o primeiro semestre deste ano, a região ganhou quase 80 mil unidades (79.993), entre residencias, imóveis comerciais e hoteleiros.

Para quem quer morar na região, construtoras e imobiliárias participarão do 1º Feirão de Imóveis da Zona Oeste, que acontecerá no estacionamento do West Shopping (Campo Grande) nos dias 6,7 e 8 de outubro.

Segundo os organizadores, serão postas em negociação mais de duas mil unidades, a maioria pelo Minha Casa Minha Vida (MCMV), além de terrenos legalizados. Os preços começam em R$ 119 mil e, no caso dos imóveis pelo MCMV, será possível conseguir subsídios de até R$ 47.500, dependendo da renda familiar, e ainda utilizar o FGTS para dar a entrada.

Quem fizer o pré-cadastro pelo site (www.feiraozonaoeste.com.br) e estiver com toda a documentação (RG, CPF e comprovantes de residência e de renda) nos dias do evento terá prioridade no atendimento.

André Barros, diretor da Mais Imobiliária e um dos organizadores do evento, disse que as empresas participantes levarão condições especiais para o feirão. Entre elas, entrada zero, parcelar a entrada em até 24 meses sem juros, descontos agressivos e carro como forma de pagamento.

- Os diretores das construtoras vão ao feirão para negociar diretamente com o cliente - diz ele.


Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]