Notícias do setor

Vida urbana em meio ao verde

O Globo, Morar Bem, 11/mar

Um dos pontos altos desta casa localizada no Jardim Botânico é, sem dúvida, a agradável área de lazer no terraço. Lá, os moradores - o arquiteto Sérgio Conde Caldas e a jornalista Renata Reis - instalaram uma piscina em raia rente à fachada e um lounge de estar protegido pela sombra de uma pérgula com cobertura de fibra natural epilares de metal"emoldurados" por trepadeiras.

Assinado por Anna Luiza Rothier, o paisagismo deste pavimento privilegiou jardineiras fartas em espécies de fácil manutenção e bem resistentes ao sol.

- Criei cercas-vivas de murta com múltiplas funções: além de garantir mais privacidade aos moradores, funciona como uma espécie de guarda-corpo natural, delimitando, inclusive, o espaço para refeições ao ar livre - conta ela.

No andar térreo, os ambientes da área social se integram totalmente à área externa graças às grandes portas de vidro deslizantes eà repetição do piso, em mármore travertino bruto, tanto dentro como fora de casa.

Com aproximadamente 10 metros de extensão, o muro lateral que delimita o terreno da casa rouba acena.

Ele foi transformado pela paisagista em um imenso jardim vertical. Uma parte é bem volumosa, protegida por um telhado de vidro e farta em espécies de plantas, como samambaias, bromélias, peperômias e liríopes. Já a outra parte do muro, mais alta, foi coberta por trepadeiras tumbérgias, fixadas numa grade de alumínio.

Na frente do terreno, a paisagista criou um jardim de vegetação baixa, com forração de grama amendoim, e palmeiras Veitchia ao longo do muro de pedra, fazendo uma bela composição coma árvore já existente.

- Também ornamentei a árvore com ripsális à meia altura e orquídeas na base. Mas o toque final ficou por conta do balanço, que se sustenta no tronco dela - finaliza Rothier.

Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]