Notícias do setor

Cadeg agora é patrimônio do Rio

O Dia, Rio de Janeiro, 15/mai

O Centro de Abastecimento do Estado da Guanabara (Cadeg), em Benfica, foi tombado como Patrimônio Oficial Público do Rio de Janeiro após aprovação da Alerj. O projeto de lei foi proposto pelo vereador Thiago K. Ribeiro (PMDB). O presidente do espaço popularmente conhecido como Mercado Municipal, Armed Nemr, de 55 anos, revela que a decisão vai beneficiar o poder de negociação do centro. "Além do reconhecimento simbólico tão almejado, vamos aproveitar o tombamento para negociar novas parcerias e buscar a isenção fiscal, junto à prefeitura", declarou o presidente do Cadeg.

Construído em 1962, o Mercado Municipal é o maior distribuidor de flores do estado, com quase 100 mil m² de extensão. O local também é reconhecido como grande pólo gastronômico e agrícola da cidade. Para Thiago K. Ribeiro, autor da Lei nº 6.349/2018, a importância histórica do Cadeg não pode ser deteriorada. "A ideia da Lei é proteger a edificação de qualquer destruição e descaracterização", explicou o vereador.

Entretanto, o pré-candidato a deputado federal pelo PSOL e frequentador do espaço, Marcelo Freixo lembra que "não adianta tombar como patrimônio se não houver tratamento compatível por parte do Estado". Segundo o parlamentar, o Cadeg deveria receber investimentos à altura de um dos espaços mais democráticos da cidade.

Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]