Notícias do setor

Transação imobiliária no Brasil soma R$ 472 bilhões em um ano

DCI, Paula Cristina, 11/jul

Entre maio do ano passado e maio deste ano foram transacionados R$ 472,6 bilhões em imóveis no Brasil. O número, calculado pela primeira vez pelo Colégio Notarial do Brasil - Seção São Paulo (CNB/SP), reporta 945,2 mil escrituras públicas no período. No mês de maio foram transacionados no País cerca de 80 mil imóveis, que movimentaram R$ 38 bilhões. Ainda de acordo com o levantamento, São Paulo é o estado que mais transaciona propriedades via escritura pública. No período foram computadas a lavratura de 23 mil escrituras, ou seja, quase 30% dos atos firmados no País.

De acordo com o presidente do CNB/SP, Andrey Guimarães Duarte, em maio, o índice de transações imobiliárias via escritura pública caiu 7,6% no Brasil, passando de 81.168 em abril para 80.748 em maio. Com o levantamento destes números, Duarte conta que será possível mapear melhor o caminho do mercado imobiliário. "Esta é mais uma ferramenta que os notários disponibilizam à sociedade. Os dados servirão também como informação para o mercado imobiliário e para os demais setores da sociedade civil", diz. 

De acordo com a entidade, na soma de janeiro a maio deste ano foram movimentados R$ 186 bilhões com transações imobiliárias de escritura pública, que é um documento lavrado no cartório de notas, obrigatório para a transferência de bens imóveis de valor superior a 30 salários mínimos.

Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]