Notícias do setor

Caixa ainda tem 42 mil contratos ativos do 'Minha Casa Melhor'

Valor Econômico, Finanças, 11/out

Depois de três anos, a Caixa Econômica Federal ainda convive com os resquícios do programa Minha Casa Melhor, linha de crédito subsidiado para atender mutuários do Minha Casa Minha Vida (MCMV) para compra de móveis e eletrodomésticos, com limite de R$ 5 mil. Criada em 2013 por medida provisória editada pela ex-presidente Dilma Rousseff, a linha foi suspensa dois anos depois, sendo que uma das justificativas dada na ocasião foi a elevada inadimplência. Segundo dados levantados pela Caixa a pedido do Valor, dos 710 mil contratos firmados nessa modalidade de crédito, com a liberação de R$ 3 bilhões, 42 mil continuam ativos, o que correspondem a R$ 28 milhões. O banco lembra que, pela legislação, estavam previstos até R$ 8 bilhões para o programa.

Leia mais em Valor Econômico.


Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]