Notícias do setor

Zona Oeste em foco

Extra, Ana Carolina Diniz, 04/nov

Estudo feito pelo Secovi-Rio mostrou que, no segundo trimestre de 2018, foram negociados 31% mais imóveis do que nos primeiros três meses do ano. E o maior volume de venda foi na Zona Oeste, com o programa "Minha Casa, Minha Vida" ajudando a impulsionar as negociações em alguns bairros, entre eles Santa Cruz, onde foram vendidas 760 unidades residenciais e comerciais (com destaque para 309 casas) apenas no segundo trimestre deste ano.

O professor da Fundação Getúlio Vargas Paulo Porto lembra que, para a classe C, existe uma demanda reprimida muito forte no setor de habitação, que foi muito fomentada nos últimos 16 anos, até mesmo com a criação deste programa habitacional.

Uma das líderes do mercado de MCMV, a MRV está investindo fortemente na Zona Oeste, especialmente em Santa Cruz. A empreendedora construirá o Complexo Mirantes do Rio, que terá quatro condomínios fechados com 1.500 unidades.

O primeiro empreendimento desse complexo, o Residencial Rio Araras, começará a ser vendido no final de setembro. David Dornas, gestor comercial da MRV, tem a expectativa de negociar 40 unidades por mês.


- O Rio Araras faz parte das novas linhas de produtos da construtora e terá com vários diferenciais que aliam inovação e sustentabilidade ao projeto, como a utilização de placas fotovoltaicas na geração de energia solar para as áreas comuns, o que garantirá uma maior economia aos futuros moradores - propagandeia Dornas.

Empresa contrata corretores

Com 420 unidades de dois quartos, o Rio Araras tem apartamentos com preços a partir de R$ 144 mil. A área comum do residencial terá salão de festas, playground, espaço gourmet, piscinas adulto e infantil, bicicletário e fitness descoberto.

Segundo Dornas, todas essas áreas serão entregues equipadas e mobiliadas. As unidades terão ainda tomadas com entrada USB e piso laminado nos quartos e sala. Haverá opções de apartamentos térreos, além de unidades PNE (para portadores de necessidades especiais).

O principal público-alvo da MRV para os apartamentos de Santa Cruz são os solteiros e recém- casados.
- Hoje a Zona Oeste é uma região com um excelente demanda e não vamos parar por aí: temos ainda um land bank (compra de terrenos) de mais de 10 mil unidades na região - explica o gestor comercial da MRV, David Dornas.

Para atender aos interessados nos apartamentos, a construtora está contratando cem corretores autônomos. Para se candidatar, é preciso ter ensino médio completo, experiência nas áreas de vendas e registro da categoria.

A empresa informa que as vantagens oferecidas são campanhas de incentivo, capacitação, estrutura de mídia e ferramentas de apoio a prospecção de clientes.

Os interessados em se credenciar devem enviar o currículo para sancler.novaes@mrv.com.br.


Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]