Destaque ADEMI 2003

Destaque ADEMI 2003

 

A ADEMI premiou, no dia 8 de dezembro, as empresas que mais se destacaram no mercado imobiliário em 2003. A presença de 600 pessoas na festa no Hotel Sheraton foi uma prova concreta da importância crescente do Prêmio Destaque Ademi, que, este ano, chegou à sua quarta edição. Segundo o presidente da ADEMI, Márcio Fortes, o concurso deste ano atingiu plenamente seus objetivos: "Com um número recorde de inscrições, conseguimos estimular e reconhecer o desempenho das empresas do setor".


A comissão julgadora, formada pelo Secretário de Urbanismo da Prefeitura de Niterói, Adyr Motta Filho, pela Diretora do CAU (Centro de Arquitetura e Urbanismo), Ana Borelli, o Presidente da ABP (Associação Brasileira de Propaganda e Presidente da Agência Contemporânea), Armando Strozenberg, o Diretor Comercial do Jornal "O Globo", Mário Rigon, o Secretário das Culturas da Prefeitura do Rio de Janeiro, Ricardo Macieira, e pelo Presidente Eleito da FIABCI/Brasil, Ricardo Yazbek, premiou 21 trabalhos, classificados por categorias de acordo com suas características. Durante o evento, o jornalista Roberto Marinho foi homenageado como personalidade do ano 2003. Para o Presidente da Ademi, o que foi apresentado é "resultado da tenacidade, do trabalho, da criatividade, da vontade de realizar e do amor às cidades do estado do Rio de Janeiro, principalmente à sua capital".


RJZ e Gafisa foram os grandes destaques da noite, cada uma com quatro prêmios. Uma homenagem especial foi prestada à engenheira Clara Steinberg, co-fundadora do grupo Servenco e criadora do Instituto Rogério Steinberg, que cuida de crianças carentes. O prêmio de reconhecimento ficou com o arquiteto Carlos Roberto Nunes Firme, autor de mais de 50 obras no Rio. O de arquiteto do ano foi vencido por Afonso Kuenerz, enquanto o de imobiliária ficou com a Basimóvel. O destaque imobiliário foi vencido pela Patrimóvel e o de empresa, pela João Fortes. O prêmio na categoria Obra Social foi dado para o Serviço Social da Indústria da Construção Civil do Rio (Seconci) e o de empresário do ano foi para Octávio Araújo, fundador do grupo Ecia



Envie para um amigo
Imprima este texto

Arquivo ADEMI

Esta matéria tem mais de 13 anos e foi publicada originalmente em 10 de dezembro de 2003

Matérias mais recentes da seção

Veja todas as matérias

 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]