Informe ADEMI

Outros Informes:

17 de agosto de 2018


Informe ADEMI




ADEMI - Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário


17 de agosto de 2018 ADEMI na imprensa | notícias do setor | hoje na imprensa

Em Destaque

91º Enic será lançado semana que vem no Rio de Janeiro e em São Paulo

Maior evento da indústria de construção no pais, o Enic chega à sua 91ª edição no ano que vem. O lançamento será na próxima semana nas duas principais capitais brasileiras: Rio de Janeiro e São Paulo. O encontro - que costuma reunir cerca de 1.500 autoridades, líderes, empresários, jornalistas e formadores de opinião - será realizado no Rio de Janeiro, no Hotel Windsor, na Barra, e no Milenium Centro de Convenções, em São Paulo.

Quadro de Avisos

Publicação do Grupo de Trabalho Estatuário "Segurança Jurídica" (Decisão Relevante)

ACÓRDÃO - Ação de Rescisão Contratual c/c Indenizatória por Danos Materiais - Apelação nº 0026663-7.2016.8.19.0209 - 08.08.2018.

Medida Provisória permite aplicação de recursos do FGTS em unidades hospitalares filantrópicas complementarmente ao SUS

Conheça a MP nº 848/2018.

Instituto Nêmesis de Estudos Avançados oferece curso presencial para Direito Imobiliário

Estão abertas as inscrições para o curso "Revisitando o Direito Imobiliário - Novos desafios", do Instituto Nêmesis de Estudos Avançados em Direito. Serão 48 horas de atualização e capacitação com renomados professores. As aulas acontecem de 25 de agosto a 20 de outubro, no Città America, na Barra da Tijuca.

Notícias do Setor

Incorporadoras ampliam receita e reduzem prejuízo (Valor Econômico, Chiara Quintão, 17/ago)

O setor de incorporação apresentou resultados melhores, no segundo trimestre, na comparação anual, embora os números consolidados ainda apontem para prejuízo líquido de R$ 553,7 milhões, conforme levantamento do Valor. A perda foi reduzida em 60,8% como reflexo, na composição da receita e das margens, da diminuição dos distratos e da maior participação de empreendimentos das safras dos últimos anos, mais rentáveis.

Trabalhadores recebem parte do lucro do FGTS (O Estado de S. Paulo, Editorial Econômico, 17/ago)

O FGTS obteve um lucro líquido de R$ 12,46 bilhões em 2017, dos quais R$ 6,23 bilhões serão creditados nas contas dos trabalhadores. O lucro é menor que o de 2016, que atingiu R$ 14,55 bilhões, mas é um indicador positivo do Fundo. O FGTS é a principal fonte de recursos para o financiamento da habitação popular pela Caixa Econômica Federal (CEF), responsável pela gestão do Fundo. Em 2017, foram aplicados R$ 219 bilhões com recursos do FGTS.

Menos vagas (Folha de São Paulo, Mercado Aberto, 17/ago)

O nível de emprego na construção caiu 1,7% em junho, na comparação com o mesmo mês de 2017, segundo o Sinduscon-SP. Houve estabilidade em relação a maio.

IGP-M acelera alta a 0,67% na 2ª prévia de agosto, diz FGV (Extra, Stéfani Inouye, 17/ago)

O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) acelerou a alta a 0,67 por cento na segunda prévia de agosto, sobre avanço de 0,53 por cento no mesmo período do mês anterior, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,36 por cento em julho, depois de subir 0,90 por cento antes.

Temer autoriza crédito do FGTS para Santas Casas (O Globo, Karla Gamba e Geralda Doca, 17/ago)

O presidente Michel Temer assinou, ontem, medida provisória que autoriza o uso de recursos do FGTS para a abertura de uma linha de crédito para Santas Casas e hospitais filantrópicos. Para salvar esses estabelecimentos, que enfrentam dificuldades financeiras, o presidente teria ignorado pareceres técnicos do governo, incluindo a Caixa Econômica Federal, desaconselhando a medida. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) criticou a medida. "Vai restringir ainda mais o investimento e, consequentemente, a geração de empregos, agravando o quadro atual", disse, em nota.

MP recomenda que imóveis inadimplentes voltem aos programas habitacionais (Correio Braziliense, Economia, 17/ago)

Os imóveis de programas habitacionais que forem devolvidos por inadimplência dos proprietários não devem mais ser leiloados, prática adotada atualmente. A recomendação é do Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) à Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). Na análise do MPDFT, os imóveis que se encaixam nessas circunstâncias devem ser novamente destinados aos programas habitacionais. Os leilões são adotados como forma  de garantir o pagamento da dívida. No entanto, para o Ministério Público, com essa medida, perde-se a finalidade para a qual as casas foram construídas.

Mercado imobiliário reage em 2018, mas como será até o fim do ano? (Agência Estado, Economia, 17/ago)

Pesquisa do Sindicato da Habitação, Secovi - SP, confirmando previsões de especialistas do setor, mostrou um aumento de 52% no número das unidades comercializadas de janeiro a junho de 2018, na cidade de São Paulo, em comparação ao mesmo período do ano passado. Nesses seis meses, foram negociadas 12 mil residências, contra 7.888 vendas registradas no primeiro semestre de 2017. Esse é também o melhor resultado desde 2013, início da crise econômica que atingiu o País.

Bancos suspendem financiamento mais barato de imóveis usados. E agora? (Exame online, Anderson Figo, 17/ago)

Quem quiser financiar um imóvel usado através da linha pró-cotista, que usa recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) e é tradicionalmente considerada a mais barata do mercado, vai ter que esperar. No início deste mês, a Caixa anunciou a suspensão temporária desse tipo de crédito, na esteira do Banco do Brasil, que havia feito o mesmo em maio. O Santander passou a oferecer a linha pró-cotista recentemente, e é o único banco privado, por ora, a fazer isso. A instituição não divulgou detalhes sobre as condições do crédito, mas o site EXAME apurou que, assim como no BB e na Caixa, ele só está disponível para imóveis novos que sejam financiados pelo próprio banco.
Hoje na Imprensa
Venda da Cedae complica e busca-se 'plano B' (Folha de São Paulo, Taís Hirata, 17/ago)
Incerteza eleitoral volta a pesar sobre mercado de ações e dólar (O Globo, Ana Paula Ribeiro e João Sorima Neto, 17/ago)
BC propõe que fintechs atuem no microcrédito (O Globo, Eliane Oliveira e Geralda Doca, 17/ago)
sugestões | cancelar a assinatura | alterar e-mail
visite o site | seja sócio | estatuto | fale conosco
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]