Notícias do setor

Caixa: cliente com avaliação de crédito aprovada até 15/8 segue a regra antiga

O Globo online, Glauce Cavalcanti, 17/ago

Clientes com avaliação de crédito para obtenção de financiamento imobiliário junto à Caixa Econômica Federal aprovada até esta terça-feira, 15 de agosto, poderão tomar empréstimo pela regra antiga praticada pelo banco. Todos os processos conduzidos a partir desta quarta-feira, quando a Caixa anunciou o redimensionamento das cotas máximas de financiamento de imóveis, já serão enquadrados nos novos tetos.

Procura por escritórios em SP volta a crescer

O Estado de S. Paulo, Circe Bonatelli, 18/ago

O mercado de edifícios corporativos de alto padrão de São Paulo está passando por um reaquecimento neste ano, com avanço na quantidade de áreas comercializadas. O resultado representa uma inflexão no setor, que sofreu com excesso de prédios vagos e queda dos aluguéis nos últimos anos. No primeiro semestre de 2017, o saldo entre áreas alugadas e devolvidas (absorção líquida) ficou positivo em 83 mil metros quadrados. No mesmo período de 2016, o saldo havia sido negativo em 29 mil metros quadrados.

Só quatro incorporadoras foram lucrativas

Valor Econômico, Chiara Quintão, 18/ago

Há expectativa, no mercado, de aumento das vendas, neste semestre, em função de indicadores macroeconômicos, como juros em queda, aumento da captação da poupança e inflação mais baixa. Recentemente, Santander e Itaú reduziram juros do crédito imobiliário. Taxas menores possibilitam enquadramento de maior número de consumidores e contribuem para incentivar vendas e reduzir distratos. Mas as rescisões caem, principalmente, à medida que as incorporadoras concluem as entregas do último ciclo.

Índice do BC sobe 0,25% e confirma retomada da economia

O Globo, Flávia Barbosa e Gabriela Valente, 18/ago

O IBC-BR, indicador de atividade econômica do Banco Central (BC), registrou alta de 0,25% no segundo trimestre. O resultado do índice, que tenta antecipar o comportamento do Produto Interno Bruto (PIB), reforçou a avaliação de economistas de que o Brasil começou o segundo semestre em processo de recuperação lenta e gradual. Após 11 trimestres de recessão severa, a economia acumula sinais de retomada, com indicadores positivos na indústria, no comércio e nos serviços, exportações mais vigorosas e desdobramentos menos dramáticos dos índices de desemprego.

Construtora Viver repassa imóveis para Bradesco

O Estado de S. Paulo online, Economia & Negócios, 18/ago

A construtora e incorporadora Viver, que está em recuperação judicial desde setembro do ano passado, anunciou nesta quinta-feira, 17, que concluiu a transferência de alguns ativos em Belo Horizonte e em São Paulo para o Bradesco, em negociação para quitar sua dívida. A empresa repassou ao banco 51 unidades do hotel de luxo Radisson Blu Belo Horizonte e terreno localizado na rodovia Dom Pedro I, em Campinas (SP), para garantia do pagamento de Cédula de Crédito Bancário, que no final de julho tinha saldo de R$ 66,6 milhões.

 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]