Copa 2014 / Olimpíadas 2016

Todas as matérias desta seção

Copa e Olimpíada dão impulso a edifícios inteligentes

Valor Econômico, 20/fev

O Brasil só perde para Estados Unidos, China e Emirados Árabes Unidos quando o assunto é a certificação ambiental para edifícios Leed (sigla em inglês para Liderança em Energia e Design Ambiental).

 

Osório: VLT fica pronto a tempo da Olimpíada

Jornal do Commercio, Fábio Teixeira, 20/fev

O secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, assegurou que o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) estará pronto para a Olimpíada de 2016. O projeto de bondes de alta tecnologia é apresentado como solução para o transporte de passageiros no Centro.

 

Parque Olímpico começa a tomar forma

O Estado de São Paulo, 05/fev

As instalações do Parque Olímpico, considerado o "coração" dos Jogos do Rio, em 2016, começaram a tomar forma. A Empresa Olímpica Municipal (EOM), órgão da prefeitura responsável pela Olimpíada, divulgou nesta segunda as primeiras imagens de como será o Centro Aquático, com capacidade para 18 mil pessoas, que vai receber as provas de natação e nado sincronizado.

 

Maracanã à Quinta da Boa Vista

O Globo, Ancelmo Gois, 28/jan

No projeto de urbanização do entorno do Maracanã visando à Copa das Confederações e à Copa do Mundo de 14, está prevista, a construção de uma passarela que vai ligar o estádio à Quinta da Boa Vista.

 

Profissões de maior destaque em 2013

O Dia, 20/jan

Segundo o levantamento, as principais profissões deste ano, ou seja, aquelas que vão 'bombar' no mercado de trabalho, serão: vendedor de comércio varejista, servente de obras, pedreiro, auxiliar de escritório geral, operador de caixa e assistente administrativo.

 

Velódromo vira a vedete do Parque Olímpico

O Globo, Luiz Ernesto Magalhães, 20/jan

Concluída no fim do ano passado, a versão final do plano urbanístico do futuro Parque Olímpico do Rio, na Barra da Tijuca, apresenta diferenças em relação à proposta original selecionada por concurso do Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB).

 

Rio terá investimentos de R$ 47 bilhões até 2016

Jornal do Commercio, Matheus Gagliano, 08/jan

A Companhia de Desenvolvimento Industrial (Codin) tem previsão otimista para o Rio de Janeiro nos próximos anos. Até 2016, são esperados investimentos de R$ 47 bilhões, tanto em iniciativas já em andamento, quanto as que ainda estão sendo prospectadas.

 

Pacote Olímpico e Legado da Cidade para 2014 e 2016

Na busca de infraestrutura e organização capazes de assimilar o forte impacto que a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016 vão gerar no Brasil, foram elaboradas leis específicas, baseadas no conjunto de propostas do Poder Executivo, e também um documento do Comitê Especial de Legado Urbano (CELU), constituído pelo Decreto nº. 29398 de 09 de junho de 2008, sob coordenação da Gerência de Macroplanejamento (GMP), da Coordenadoria Geral de Planejamento Urbano (CGPU).

 

Pacote para Copa do Mundo e Olimpíadas

Foram sancionadas nesta quinta-feira (25/11), no Palácio da Cidade, as três leis municipais que compõem o Pacote Legislativo para Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016. Além do prefeito Eduardo Paes, estiveram na cerimônia de assinatura o ministro do Turismo, Luiz Barreto, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Felipe Góes, os presidentes do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman, da CBF, Ricardo Teixeira e da ABIH, Alfredo Lopes, o secretário municipal de Desenvolvimento, Felipe Góes, e o presidente da Câmara do Rio, Jorge Felipe. Clique aqui para acessar a íntegra das três leis que compõem o Pacote Olímpico. 

 

Prefeito sanciona Pacote para Copa do Mundo e Olimpíadas

O prefeito Eduardo Paes sanciona nesta quinta-feira (25/11), no Palácio da Cidade, as três leis municipais de autoria do Executivo que compõem o Pacote Legislativo para Copa do Mundo de 2014 e Olimpíadas de 2016. Uma das principais medidas adotadas pelo "Pacote Olímpico", será estimular a criação de novas acomodações com incentivo à ampliação da rede hoteleira, através de mudanças de parâmetros urbanísticos e incentivos fiscais.

 

Grupo avalia Projeto Parque Central com vistas à Copa de 2014

Um Grupo Executivo da Prefeitura vai analisar o Projeto Parque Central, que propõe diversas mudanças urbanísticas para unificar as áreas da Quinta da Boa Vista e o Complexo do Maracanã, além da construção de novos equipamentos urbanos, sociais e esportivos. A proposta tem como objetivo a qualificação da região para a Copa do Mundo de 2014 e, entre os legados para a cidade, estão a abertura de oportunidades para os setores do comércio, serviços, construção civil, entretenimento e lazer, entre outros.

 
 
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]