Painel Imobiliário

Mercado Imobiliário sem motivos para comemorar o Dia da Habitação

Rio de Janeiro, 20 de agosto  - Amanhã é o Dia da Habitação, mas a Cadeia Produtiva do Mercado Imobiliário não tem muitos motivos para comemorar. O déficit habitacional do Município do Rio de Janeiro, mais de 500 mil moradias, é apenas um reflexo do que vem ocorrendo nos últimos anos no País: a falta de uma Política Habitacional adequada e de longo prazo. O presidente da Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário no Rio de Janeiro (ADEMI), Márcio Fortes, explica que há dez anos não há uma autoridade federal responsável pelo setor habitacional urbano. "As políticas são de pequena abrangência, estão dispersas e obedecem a mais de um comando, o que, talvez, seja seu principal problema".

Para ele, a criação do Ministério das Cidades, que poderia ter dado esperanças, até agora frustrou os participantes do processo, já que não se ouviu sobre incentivo à construção de novas moradias. "Só se resolve o caso da habitação subnormal e subumana construindo, gerando oferta".

Para se ter idéia, a cidade do Rio de Janeiro tem cerca de 1 milhão de moradias, das quais 200 mil são casas de favelas, classificadas como subnormais ou subumanas. "Há uma demanda social para substituir as construções inadequadas por imóveis com preço e financiamento compatíveis com o poder aquisitivo do público a que se destinam. É necessário, ainda, atender à demanda anual por novos empreendimentos, para responder ao crescimento demográfico da cidade", lembra Márcio Fortes.

Este não é um problema regional. O déficit habitacional do Brasil gira em torno de 6,6 milhões de moradias. Para Márcio é necessário rever os atuais programas de financiamento do País, "que não mais condizem com a realidade da população. O Ministério das Cidades também precisa dispor de recursos orçamentários para as infra-estruturas e para o subsídio às habitações de atendimento às populações menos favorecidas", finaliza o presidente da ADEMI



Envie para um amigo
Imprima este texto
 
 
 
 

webTexto é um sistema online da Calepino

Matéria impressa a partir do site da Ademi Rio [http://www.ademi.org.br]